quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Hebe é condenada após sua morte




Justiça condena Hebe a indenizar mulher de Chitãozinho em R$ 186 mil. Decisão em 2ª instância saiu dias antes de morte da apresentadora. Márcia Alves sustentou que foi chamada de 'garota de programa' por Hebe.

Poucos dias antes de morrer, a apresentadora Hebe Camargo foi condenada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) a pagar 300 salários mínimos (R$ 186,6 mil) de indenização por danos morais à mulher do cantor Chitãozinho, Márcia Regina Alves. Somados os custos processuais, a condenação chega a R$ 223,9 mil.
Com a morte de Hebe no dia 29, o valor poderá ser abatido da herança de Hebe, mas ainda cabe recurso. O G1 tentou contato com familiares de Hebe, mas até a publicação da reportagem não havia obtido retorno.

Hebe foi condenada por comentários que fez em seu programa, no fim de 2000, sobre a separação do cantor Chitãozinho da sua então mulher Adenair, para namorar com Márcia Alves, ex-dançarina do Grupo Banana Split. A ação sustentou que Hebe insinuou que Márcia seria prostituta. As declarações foram feitas na presença da ex-mulher do cantor, que estava no programa de Hebe.
A ação sustenta que Hebe usou as expressões "garota de programa", "aquela coisa" e frequentadora de uma casa de prostituição de São Paulo. A atual mulher de Chitãozinho citou também na ação que foi comparada à personagem Capitu, na novela “Laços de Família”, da Rede Globo, que era prostituta.

O desembargador Caetano Lagrasta afirmou que, no programa de Hebe, Márcia foi “condenada por antecipação, não obstante enxovalhada e agredida psicologicamente”. Afirmou ainda que agressões são perpretadas em nome da “pretensa liberdade de imprensa".

A decisão em segunda instância aconteceu em 19 de setembro, quando dois desembargadores acataram a tese de Márcia Regina, apesar de outro ter entendido que os comentários de Hebe não foram direcionados à mulher de Chitãozinho, mas sim relacionados à situação de separação em que o marido fica com outra mulher. Esse havia sido também o entendimento na decisão de primeira instância em 2011, mas os advogados de Márcia Alves recorreram.

Vote no prêmio TOP BLOG e concorra a prêmios:




8 Comentários:

Responder

Interessante rsrs é cada uma que aparece

VC CONHECE O CIRCO DOS HORRORES E SUAS ABERRAÇÕES? DESCUBRAM JÁ
http://www.solucaocultura.blogspot.com.br/2012/07/o-circo-dos-horrores-e-suas-aberracoes.html

Responder

Conheça os Grandes Mestres do Photoshop 2
http://canalevariedades.blogspot.com/2012/10/grandes-mestres-do-photoshop-2.html

Responder

agora vcs já sabem o por que da Hebe ter morrido....

Responder

Esse povo se ofende de uma tal maneira que eu vou te contar, viu.
Tudo isso so pra arrancar dinheiro fácil dos outros.
QUER DINHEIRO? VÁ TRABALHAR, VADIA!

Responder

Isso é a justiça rápida que o Brasil tem.. piada !!!

Responder

anonimo 18:52 vc devia ser processado tambem...

Responder

Só no Brasil... que "Defunto" ainda tem que pagar algo!!!

Responder

kkkkkkk ja que a mulher morreu! manda ela sentar e esperar a hebe pagar ela! kkkkkkkkk ou teãoela pode receber esse dinheiro sacos de merda ! kkkkkkk

Postar um comentário

Um bom blog não se faz pela quantidade e sim qualidade de seus leitores, só comente quando você realmente ler a postagem.

Deixe seu link no final do comentário caso queira me mostrar o seu blog, irei visitar, comentar e se gostar seguirei também.

Siga-me no Twitter: @c_hercules

TOP 10 POSTAGENS MAIS LIDAS

Receba nossos artigos por e-mail:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More