terça-feira, 19 de outubro de 2010

Como saber se a sua ideia de negócio é boa?

O primeiro passo, a primeira semente plantada para construir um caminho no mundo do empreendedorismo é a "ideia". Um momento de inspiração, plano, conceito, objetivo, convicção.



Muitas vezes a ideia final surge rápido, "Pa-Pum!" E então o primeiro passo é dado, mas nem sempre é assim, na maioria das vezes as idéias de negócios vêm com o tempo, analisando certa situação ou mercado, pesquisando, observando as pessoas e suas necessidades, conhecendo histórias de sucesso no mundo dos negócios, etc. É simples ter uma boa ideia, porém é mais simples ainda você disperdiça-la por não conhecer todos os seus limites e dimensões.

Por exemplo, na História da Coca-Cola ao observar os costumes das pessoas que adoravam beber refrigerantes em lanchonetes, as famosas Pop Sodas feitas de muito gelo, água com gás e suco de limão, seu inventor resolveu criar um novo sabor de refrigerante, uma nova bebida com sabor exótico, doce e exclusivo. A ideia foi ótima e oportunista para o momento em que foi implementada, porém o inventor dessa bebida não tinha idéia do que ele tinha trazido para o mundo, sua empresa vendia em torno de 9 copos por dia, e após 100 anos já havia produzido mais de 38 bilhões de litros. E essa falta de conhecimento fez ele cometer um grande erro: Ele vendeu a empresa por aproximadamente U$2.300,00.


Não se trata de ter ideias. Se trata de fazer as ideias saírem do papel. Scott Belsky, Behance.

Mas então, como saber se a sua ideia é boa para colocá-la em prática e se arriscar no mundo dos negócios?
Vamos listar algumas características importantes que uma idéia deve ter para ser um sucesso, mas lembrando que só a idéia representa 20% do negócio e a ação, o famoso "bota pra fazer" representa o resto. O que eu quero dizer é que eu me deparo diariamente com várias pessoas cheias de ideias para mudar de vida, algumas ideias ótimas que nunca sairão do papel, quando agente vê um negócio simples como o twitter ganhando milhões de usuários em um curto tempo agente vê que o que vale é se dedicar a tornar as idéias reais, pois eu garanto que muitas outras pessoas ao redor do mundo já tinham  pensado em criar um micro blog "igual"ou parecido com o twitter, mas não tiveram disposição para fazê-lo.

Então vamos lá, anote ai e veja se a sua ideia segue os requisitos abaixo:


1- Inovação: Pra mim essa é a maior qualidade que uma ideia de negócio deve ter para ser um sucesso. Mas inovação é uma palavra muito ampla quando está inserida no contexto "business", pois inovar pode ser desde inventar algo novo que irá mudar o mundo e a vida das pessoas para melhor, ou até uma simples modificação em um modelo tradicional que será o diferencial do seu negócio, só que é importante demais, inovação é a palavra-chave que caminha mais próximo de "sucesso". Não tenha medo de inovar,  nem todo mundo entende onde certa medida inovadora quer chegar, mas o importante é você saber que ela é capaz, como disse Albert Einstein: "Se, a princípio, a ideia não é absurda, então não há esperança para ela" e Steve Jobs: "Inovação distingue entre um líder e um seguidor."

2- Capacidade e Competitividade: Toda ideia de negocio precisa ter um grande diferencial tecnológico e/ou competitivo com relação aos atuais concorrentes, ou à forma como o problema é solucionado hoje.
A aplicação da tecnologia ou produto que você tem em mente precisa resolver, claramente, um problema do mercado atual ou futuro. Então é importante que você analise o mercado em que seu projeto irá atuar, como andam os potenciais concorrentes, se o mercado está em alta ou baixa, mas isso não impede de você entrar nele mas sim te ajuda a se preparar para enfrentá-lo. Veja como as ações de marketing dos concorrentes reagem perante aos consumidores, analise as embalagens, aplicações, dados de pesquisas, divulgações de diversas fontes sobre o mercado em que a sua ideia irá atuar.
Acredite e entre sem medo no mercado, mas lembre-se: Se quiser derrubar uma árvore na metade do tempo, passe o dobro do tempo amolando o machado.

3- Seus clientes: Um grande projeto, não necessariamente precisa de uma grande equipe, mas necessariamente ele precisa de um grande público, só assim ele realmente será grande. As pessoas irão consumir a sua ideia de que forma, por quê, para que, por quanto tempo... essas respostas devem estar claras em sua mente.

4- Motivaçao e Comprometimento:  O Empreendedor (seja ele pesquisador ou empresário) precisa ser motivado, consciente dos desafios e obstáculos para criação de uma grande empresa, preparado para trabalhar em equipe, compartilhar decisões e assumir riscos, e, principalmente, disposto a dedicar-se de “corpo e alma” ao empreendimento. As habilidades ou atitudes que porventura faltem ao empreendedor (inclusive habilidades comerciais, administrativas ou gerenciais) serão supridas no plano de investimento, através de contratações e de parcerias, pios ninguem precisa saber de tudo, ser multitalentos ou algo do tipo. Isto permite com que os pesquisadores que queiram permanecer no campo da pesquisa e desenvolvimento de novos produtos possam delegar a administração da empresa a pessoas competentes , executivos por natureza, ser pesquisador não significa que você não é empreendedor, pois conhecer os seus limites em todas as áreas é extremamente importante para a formação de sua equipe e planejamento de seu negócio. 
Concorra a um Notebook clicando na imagem abaixo:
Concorra a um Notebook
Para saber mais sobre a promoção clique aqui. Conto com o seu voto! Se você estiver participando com o seu blog, deixe o link de votação que eu visito e retribuo o voto.

0 Comentários:

Postar um comentário

Um bom blog não se faz pela quantidade e sim qualidade de seus leitores, só comente quando você realmente ler a postagem.

Deixe seu link no final do comentário caso queira me mostrar o seu blog, irei visitar, comentar e se gostar seguirei também.

Siga-me no Twitter: @c_hercules

TOP 10 POSTAGENS MAIS LIDAS

Receba nossos artigos por e-mail:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More