sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Tenho uma idéia e não sei o que fazer - Bota pra Fazer !

Olá, hoje vou dedicar o post às pessoas que possuem uma idéia em mente e acredita que daria certo, seria um sucesso, revolucionaria o mundo e, por final, renderia muitos lucros, mas não sabem como alcançar tudo isso partindo apenas de uma idéia que está indo par ao papel.





Bom, os caminhos são diversos para cada área, mas todos possuem alguns passos em comum, e são sobre eles que eu vou escrever.
Já considerando que a sua idéia realmente é viável e rentável, que você já fez um estudo sobre o setor de mercado que ela se encaixa, o comportamento do consumidor em relação à sua idéia, sobre os possíveis concorrentes, custos, planejamento de quanto tempo precisa para obter lucros, entre outros aspectos que só quem inventa algo consegue pensar, vamos pra o passo que é saber expressar todo esse projeto para alguém, seja esse alguém um investidor, um futuro sócio ou um potencial cliente.
Esse modo de expressar a sua idéia é convencionalmente feita através de um Business Plan. Um arquivo com certa lógica que venderá a sua idéia a quem você procurar.

Temos AQUI um post 100% dedicado à construção do Business Plan, então agora somente destacarei os principais pontos que devem aparecer no documento.

No Planos de Negócios deve aparecer o seu time, quem é a sua equipe que irá te ajudar na concretização de seu projeto. Deve estar aqui também em que mercado a sua empresa irá atuar, se há concorrentes, números e pesquisas do nicho que seu empreendimento irá explorar.

Claramente a parte mais importante é você explicar qual é o seu projeto, seu produto ou inovação, serviços, seja o que for que está empreendendo, descreva claramente TUDO sobre a sua idéia, como se estivesse vendendo um produto com mil e uma utilidades. Fale também sobre os custos, quanto de dinheiro precisa para por seus planos em ação, onde irá gastá-lo e como irá gerar receita para compensar os investimentos, estabeleça metas com prazos estimados.

Após criar o seu MARKETING, que é o plano de negócios bem elaborado, você deve saber quem procurar como parceria para dar um START em seu negócio.





Se você já possui capital suficiente para iniciar as atividades, procure o SEBRAE que te apresentará formas mais baratas para começar um negócio, além de oferecer-lhe cursos que ajudarão a organizar seu projeto, como controle de fluxo de caixa ou técnicas de vendas. Lá você também saberá a melhor maneira de formalizar a sua empresa, isso é muito importante para que você não seja derrubado pelos impostos por ter se enquadrado em uma categoria errada.

Agora se você ainda não tem capital para o seu projeto, você está diante de uma enorme barreira que muitos empreendedores encontrar pra “pular”. Existem várias formas de conseguí-lo, seja através de créditos bancários, capital venture, familiares, etc. Mas não é tão simples quanto na teoria, pois você acredita em seu projeto, sabe, tem a certeza de que ele gerará lucros, agora um investidor traalha com estatísticas, e infelizmente, no Brasil, elas não são muitos agradáveis, pois aqui, 8 em cada 10 empresas “morrem”em menos de dois 2 anos de existência.

Os bancos até emprestam, mas fazem muitas exigências. Em alguns casos se você faz um plano de negócios e leva até um banco pode ser que você consiga esse capita de giro inicial. O Sebrae oferece gratuitamente palestras de como levantar empréstimos em bancos oficiais para montar negócios, mas como eu disse, não é tão fácil como na teoria.

Mas o segredo é NUNCA DESISTIR, será necessário levar mil “Não” para se conseguir um “Sim”.

AQUI você encontra também muitas informações sobre empresas de fomento, Start Up, Capital Semente, Capital Venture, etc.

Porém o Brasil ainda não está preparado para o empreendedorismo, é muito complicado conseguir bons investimentos aqui. A maioria das empresas que conseguem são aquelas que já faturam bilhões por ano.

Aqui nós preferimos investir em soluções que já deram certo lá fora, ou seja, pagar mais caro importando produtos e serviços, do que investir no potencial empreendedor nacional e a longo prazo baratear nossas tecnologias e quem sabe até exportar mundo a fora.

É dificil padronizar meios de abrir um novo negócio, pois como eu disse no inícil, existem várias formas específicas para cada idéia, cada setor do mercado, cada público, etc.

Euestou preparando um post para aquela que eu considero a mais complicada, para pessoas que tem uma grnde ideia, sabe com fazer, sabe o que precisa, mas não tem um centavo no bolso, geramente são jovens geniais, mas que ainda estudam, ou trabalham e ganham pouco para poder abrir um negócio.
E os investidores não enxergam essa oportunidades batendo na porta, e o pior, muitas vezes esses jovens não sabem nem onde ficam as portas dos investidores....

Espero concluir até sabado esse post pois eu sei que há muitas pessoas que estão querendo saber como conseguir levar seu projeto a topo sem ter um "puto" no bolso.

-----------------------------------------------------------
Apoio:



0 Comentários:

Postar um comentário

Um bom blog não se faz pela quantidade e sim qualidade de seus leitores, só comente quando você realmente ler a postagem.

Deixe seu link no final do comentário caso queira me mostrar o seu blog, irei visitar, comentar e se gostar seguirei também.

Siga-me no Twitter: @c_hercules

TOP 10 POSTAGENS MAIS LIDAS

Receba nossos artigos por e-mail:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More