segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Inovação no Varejo

“Nós vamos travar as nossas batalhas não na estrada baixa da comoditização, mas sim na via elevada da inovação.” Howard Stringer , CEO da Sony.


Na minha opinião o varejista brasileiro é muito bom de balcão e muito ruim de back office. Ainda falta muito no que diz respeito à gestão, tecnologia, no que está por trás de toda uma venda. Assim falta planejamento para inovar, deixar um pouco a tradição de lado e olhar mais para as mudanças da economia mundial, as necessidades e o perfil da clientela e as oportunidades em tecnologias que batem à sua porta.

E inovar é uma busca por melhores respostas superar desafios e quebras de paradigmas para solucionar um problema ou melhorar resultados frente àconcorrência existente em seu setor.

“Inovação implica na criação, implantação e adoção de algum produto, serviço, processo ou modelo de negócio novo.”

É possivel inovar dentro de qualquer empresa?

Sim, até a líder de mercado que alcança resultados supreendentes inova, basta investir em gerencia e criatividade, olhar os problemas e resultados negativos de tantos pontos-de-vista quanto possível, analisar ofertas de soluçoes existentes no mercado e implementar na sua empresa aquilo que falta para ela decolar.

VAREJO

Como todos sabem eu adoro esse setor, trabalho nele, desenvolvo tecnologias para ele, e acredito que esse é o setor mais "problemático" entre todos.
Pois nõ há muita inovação, seuqer há muita tecnologia implantada no setor, poucas mudanças ocorrem em décadas.
Do famoso ranking da Fast Company, que lista as empresas mais inovadoras do mundo, podemos tirar as varejistas presentes no top 50:

1- Apple (4a ranking geral) : Obviamente inovadora, em seus produtos e conceitos ímpares. Design é a palavra chave das apostas da empresa.
2- Amazon (9a ranking geral)
3- Zappos (20a ranking geral)
4- Nike (27a ranking geral)
5- WalMart (33a ranking geral)
6- Lego (41a ranking geral)
7- Etsy (44a ranking geral)

O que elas têm que as outras não têm?

Os executivos focados na busca por uma inovação de forma ampla para possibilitar renda e crescimento. E mais: foco em valor. As pessoas não tem mais tempo para o que não traz valor.
Algumas medidas que visam (ou visaram) à inovação no varejo e estão relacionadas a essa linha de pensamento , assim como de Ênio Garbin, da IBM:

- uso de rádio frequência permitiu inovar em toda cadeia de valor, da fabricação até a gôndola;
- gôndolas inteligentes
- venda assistida eletronicamente
- mídia digital
- melhor conhecimento do próprio cliente
- ser multicanal – estar em diversos pontos de relacionamento
- e-commerce, mobile-commerce, social-commerce

Case

Presente no Inovarejo 2009, o Colunas de Hércules separou um exemplo interessante que pode ajudar nas estratégias de inovação da sua empresa. A Serasa Experian apresentou no evento uma novidade chamada HitWise. Trata-se de uma ferramenta de inteligência online que serve para conhecer melhor o consumidor de qualquer empresa. Para se ter uma ideia, ela é capaz de monitorar a interação de 100 mil usuários com 60 mil sites.
O perfil do consumidor mudou totalmente e algo que as empresas devem perceber é que não é mais a empresa que define o que esse cliente quer. Ao mesmo tempo que esse mesmo consumidor, hoje, pode e tem que estar em 2 ou 3 lugares ao mesmo tempo. Isso só é possível com mecanismos online.

Por isso, é importante entender por onde essa pessoa percorre na web, qual o padrão dela ao navegar, o que ela procura? “O consumidor deixa pegadas quando trafega pela internet.”, diz Juliano Marcilio, presidente da Unidade de Nogócios Marketing Services da Serasa Experian e uma das cabeças por trás do HitWise.
Ele conta uma curiosidade sobre a busca pela palavra “geladeira” na web. É possível acreditar que uma das palavras mais associadas à geladeira é adesivo? Mas é sim. Parece bobo, mas Juliano vai além quando explica que por uma simples análise é possível perceber que está virando tendência ter geladeira adesivada em casa. E ele faz a pergunta-chave: “Quem está vendendo esse produto assim tão customizado hoje? Ninguém. Porque ninguém sabe que essa é uma necessidade nova de um cliente novo.”

--

Não esqueça de Comentar, pois a sua opinião é muito importante para nós








Rede Social para Empreendedores Brasileiros

Clique AQUI para entrar na Rede.

-----------------------------------------------------------
Apoio:



0 Comentários:

Postar um comentário

Um bom blog não se faz pela quantidade e sim qualidade de seus leitores, só comente quando você realmente ler a postagem.

Deixe seu link no final do comentário caso queira me mostrar o seu blog, irei visitar, comentar e se gostar seguirei também.

Siga-me no Twitter: @c_hercules

TOP 10 POSTAGENS MAIS LIDAS

Receba nossos artigos por e-mail:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More