terça-feira, 22 de setembro de 2009

Existe empreendedores no Brasil ?



Empreendedor é o termo utilizado para qualificar aquele indivíduo que detém uma forma especial, inovadora, de se dedicar às atividades de organização, administração, execução; principalmente na geração de riquezas ou renda(agregar valor ou o lucro ao trabalho), na transformação de conhecimentos e bens em novos produtos – mercadorias ou serviços; gerando um novo método com o seu próprio conhecimento. É o profissional inovador que modifica, com sua forma de agir, qualquer área do conhecimento humano.

Pessoas como o Bill Gates, Steve jobs, Steve Chen, Mark Zuckerberg já se enquadraram nessa descrição quando tinha entre 18 e 25 anos e são hoje bilhonários empresários de sucesso.

Você conhece algum no Brasil?

A cultura norte-americana descreve como empreendedores aqueles jovens que criam projetos na garagem de casa enquanto ainda fazem faculdade e suas idéias "revolucionárias" atraem milhões de dólares em investimentos o que torna o seu projeto concretizado, tornando-se uma grande empresa em pouco tempo.
O herói de cinema mesmo, que não tinha nada além de uma idéia maluca de algo que ainda não existia e passa em meses a render bilhões de dólares, com milhoes de clientes em todo o mundo. Um império criado a partir de uma simples idéia de garagem e lousa branca, como a de fazer um site de videos (You Tube).

O capital de risco lá é atraído apenas pelo arrojo e idéias de qualquer pessoa, seja um jovem ou um senhor de 70 anos.

No Brasil as coisas são muito diferentes, aqui o estereótipo do empreendedor é daquele senhor, empresário experiente, com bons contatos profissionais, bem sucedido, que "merece", é digno de estar ali pelo fato de ter começado seu  império sem a ajuda de ninguem, sem investimentos, vendendo seu carro ou sua casa, ai somente depois de ralar por 10 anos e conseguiur criar uma empresa estável é que ele atraiu investimentos de "Risco", que risco?.. qual o risco de se investir em uma empresa que fatura 800 milhões por ano ?


Aqui o empreendedor é valorizado pelo seu trabalho, seus esforços e merecimento de chegar onde chegou em anos, saindo de baixo, trabalhando nas ruas pra depois chegar ao topo... logo ele é um senhor de no minimo 55 anos, aposentado, vencedor !!!

Lá o empreendedor é reconhecido pela suas ideias e arrojo em acreditar naquilo e torná-lo um sucesso, mas pra isso ele precisa de investimentos. Muitas vezes, como no caso do Facebook, o seu fundador é afastado quando a empresa está madura, pois já não serve para a empresa, sua idéia foi ótima, empreendedora, mas é isso que ele pôde fazer pela empresa, ele não é um engenheiro, nem um especialista formado, é somente um empreendedor revolucionário.

No Brasil a nossa cultura é assim, conservadora demais, há poucos anos o ápice do sucesso profissional era se tornar um funcionário público, trabalhar não dava dinheiro, a não ser que você fosse DOUTOR, como eram chamados os médicos, advogados e engenheiros.
Ter um negócio proprio começou a acontecer como um plano B para os desempregados, esses abriram os primeiros comércios, como a primeira Casas Bahia, ou a primeira barraquinha de camelô do Silvio Santos.

Quando analisamos as histórias mais conhecidas de empresários de sucesso brasileiros, vemos que o empreendedorismo não foi bem uma escolha, mas uma condição de vida. Toda essa carga de luta e sacrifício vivida mesmo pelos empreendedores natos reforçou a ideia do negócio próprio como uma espécie de plano B. Ou seja, o escape de uma carreira num beco sem saída, uma opção ao desemprego ou ainda a única oportunidade de ficar rico — isso após ficar sem perspectiva de crescimento dentro da “firma”. Pensar em satisfação pessoal ou profissional ainda passa longe da cabeça da média dos trabalhadores.

O motivo para se ter um negócio próprio estava longe de ser uma realização pessoal, era mais uma forma de ganhar dinheiro, ter comida em casa, etc.

Espero que a chamada geraçao "Y" comece a mudar essa "tradição" nacional, pois nós temos sim capacidade e criatividade para formar empreendedores, o que falta é mudar a cabeça das pessoas que tem potencial para investir e apoiar essas idéias...

Eu recomendo a vocês lerem a história  do Steve Jobs postada aqui no blog.
E assistirem o filme: Piratas do Vale do Silicio.

Obrigado, e não esqueçam de comentar.

PS. esse post não terá English Version, pois trata-se de um interesse nacional.



-----------------------------------------------------------
Apoio:



0 Comentários:

Postar um comentário

Um bom blog não se faz pela quantidade e sim qualidade de seus leitores, só comente quando você realmente ler a postagem.

Deixe seu link no final do comentário caso queira me mostrar o seu blog, irei visitar, comentar e se gostar seguirei também.

Siga-me no Twitter: @c_hercules

TOP 10 POSTAGENS MAIS LIDAS

Receba nossos artigos por e-mail:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More