quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Microsoft e Yahoo! anunciam parceria



Com a união de forças nos mercados de busca e publicidade na internet, empresas podem conseguir competir com o Google. Acordo foi fechado para os próximos 10 anos





Microsoft e Yahoo! anunciaram nesta quarta-feira (29) uma parceria em mecanismos de busca e publicidade na internet, com o intuito de aumentar a capacidade das empresas de concorrer com o Google. No acordo, a Microsoft vai transformar a tecnologia do Bing na ferramenta de buscas padrão nos sites do Yahoo!, que receberá 88% dos lucros de publicidade gerada por buscas nos próximos cinco anos. O Yahoo! também será responsável pela negociação de preços e promoções com grandes anunciantes. A parceria foi fechada para um período de 10 anos, o que, no mercado da internet, é um tempo bastante longo - o Google, por exemplo, foi fundado em 1998.

O Bing recebeu diversas críticas favoráveis desde que foi apresentado, no início de junho, mas no primeiro mês de existência apenas 8,4% das buscas feitas nos Estados Unidos utilizaram o novo site - em maio, quando ainda se chamava Live Search, a ferramenta da Microsoft já tinha 8% do mercado. Junto com o Yahoo! essa fatia pode subir para 28%, o que ainda não se aproxima do Google, que representa 65% de todas as buscas realizadas na internet americana, mas que já dá mais visibilidade a uma ferramenta que levava jeito para ser apenas uma provocação na guerra entre Microsoft e Google. Steve Ballmer, o presidente-executivo da Microsoft, afirmou nesta quarta que o acordo com o Yahoo! vai criar "uma opção de escolha para o consumidor em um mercado dominado por uma única empresa".

O acordo fechado nesta semana é bem mais pragmático do que a proposta de compra feita no ano passado pela Microsoft, que ofereceu US$ 44,6 bilhões (R$ 84,3 bi) pelo controle do Yahoo!. Os desdobramentos da recusa da venda causaram a queda do co-fundador da companhia Jerry Yang do cargo de presidente-executivo, no qual foi substituído por Carol Bartz, que trabalhava desde 1992 na Autodesk, empresa líder de mercado no desenvolvimento de softwares de arquitetura, engenharia e construção civil. A estratégia de Bartz no comando do Yahoo! é trabalhar com as principais forças da companhia, que são, na opinião dela, a produção de sites de conteúdo e o mercado de publicidade on-line.

Uma parceria entre o Google e o Yahoo! foi cogitado em 2008, depois que a Microsoft falou em adquirir a companhia, mas em Novembro o Departamento de Justiça dos EUA foi contra o acordo, o que encerrou as negociações. O Google também é líder no mercado de publicidade na internet, de onde vem a maior parte de sua receita, e o site google.com, que é apenas uma ferramenta de busca, tem 3,5 milhões de visitantes mensais a mais que o yahoo.com, que é também um portal de conteúdo e o caminho de acesso para os usuários do email da companhia. Microsoft e Yahoo! afirmaram que o compartilhamento de informações sobre usuários será reduzido ao "mínimo necessário"




--






VAREJISTA






Acesse o site: http://www.toratora.com.br/ e entre em contato conosco, temos uma oportunidade para melhorar os seus negócios sem necessidade de altos investimentos. Tecnologia e automação que levará a sua loja para a porta de cada novo cliente.


Ou entre em contato através do e-mail: contato@toratora.com.br



0 Comentários:

Postar um comentário

Um bom blog não se faz pela quantidade e sim qualidade de seus leitores, só comente quando você realmente ler a postagem.

Deixe seu link no final do comentário caso queira me mostrar o seu blog, irei visitar, comentar e se gostar seguirei também.

Siga-me no Twitter: @c_hercules

TOP 10 POSTAGENS MAIS LIDAS

Receba nossos artigos por e-mail:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More