quarta-feira, 24 de junho de 2009

O mais jovem bilionário da história

Você sabe quem é o mais jovem bilionário da história da humanidade que construiu sua própria fortuna e como foi que ele fez isso?

A história de Mark Zuckerberg e de sua criação, o Facebook

Ainda me espanta pessoas que não acreditam que a Internet é um “mundo” com possibilidades reais de negócios nunca antes imaginado.
Quero que você conheça mais uma de tantas histórias de sucesso da Internet , a história do mais jovem bilionário da história e seu nome é Mark Zuckerber.
A vida de Zuckerberg parece um roteiro de filme. Um garoto superinteligente inventa uma ferramenta tecnológica quando estudava numa faculdade importante, como Harvard. Ele lança a novidade e recebe ótimas críticas. Alguns figurões começam a rondar o dormitório para conhecê-lo. Aí, ele desiste da faculdade para cuidar de seu rebento e mudar o mundo. Em apenas três anos, o Facebook, que começou como um site para unir alunos da faculdade se transformou no maior concorrente do MySpace, principal site de relacionamento dos Estados Unidos, controlado pelo magnata da mídia Rupert Murdoch.
Com 150 milhões de usuários, na data em que escrevo este artigo, o Facebook conseguiu desbancar outras populares redes online, como Orkut, MySpace, Bebo ou hi5. Em média, 15 milhões de pessoas atualizam diariamente seu status no site, onde são postadas mais de 850 milhões de fotos por mês.
Ninguém poderia prever essas cifras em 2004, quando Mark Zuckerberg, um estudante de Harvard de apenas 19 anos, segundo de quatro filhos – e o único homem – de um dentista (ele não tem cáries) e de uma psiquiatra, criou o site em (suas horas livres) como ponto de encontro para os alunos da universidade.

Em 24 horas, a página já tinha mil usuários e, um mês depois, a metade dos estudantes do campus tinha criado um perfil na rede social.
Seis meses e algumas centenas de milhares de pessoas cadastradas depois, Zuckerberg decidiu abandonar as aulas de Ciência da Computação em Harvard, mudar-se para o Vale do Silício e dedicar-se integralmente a transformar o Facebook num negócio.

O Facebook (que hoje conta com quase 1.000 funcionários) mudou bastante desde então. O primeiro grande passo e acerto de Zuckerberg foi abrir a página aos usuários alheios ao âmbito universitário.
A rede foi essencial na campanha presidencial de Barack Obama, que utilizou habilmente o Facebook como forma de se conectar com a nova geração de eleitores.
O site conseguiu arrecadar mais de US$ 200 milhões em investimento e, em 2007, foi avaliado em US$ 15 bilhões, depois que a Microsoft pagou a bagatela de US$ 250 milhões por uma participação de 1,6%.

0 Comentários:

Postar um comentário

Um bom blog não se faz pela quantidade e sim qualidade de seus leitores, só comente quando você realmente ler a postagem.

Deixe seu link no final do comentário caso queira me mostrar o seu blog, irei visitar, comentar e se gostar seguirei também.

Siga-me no Twitter: @c_hercules

TOP 10 POSTAGENS MAIS LIDAS

Receba nossos artigos por e-mail:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More