quinta-feira, 11 de junho de 2009

O Fenômeno TWITTER - História e Curiosidades

Um post interessante para os internautas brasileiros é esse que fala sobre o TWITTER tão famoso no mundo inteiro que já está se espalhando no Brasil.

Um simples micro-blog que possui características unicas e que existe há um pouco mais de 3 anos.
O Twitter nasceu quando @Jack, @Biz, @Noah, @Crystal, @Jeremy, @Adam, @TonyStubblebine , @Ev, @Dom, @Rabble, @RayReadyRay, @Florian, @TimRoberts e @Blaine trabalhavam em uma empresa chamada Odeo Inc. localizada em South Park, San Francisco. A empresa estava passando por maus bocados pois sofriam uma brutal concorrência da Apple e outros pesos pesados da informática. Em virtude disso, a diretoria adotou a estratégia de “reinventar a empresa”.
“Reinicializar” ou “reinventar” começou com uma divisão de equipes. Cada equipe iria elaborar e explicar suas melhores idéias. O grupo de @Jack descreveu pela primeira vez um serviço que utilizava SMS (mensagens curtas por celular) para pequenos grupos avisando-os sempre sobre “o que você está fazendo”. @Jack dizia:
“Eu quero ter um serviço de envio que nos ligue aos nossos telefones usando texto.”
A idéia era tornar esse serviço tão simples que você não pensasse no que está fazendo, bastava apenas digitar algo, e enviá-lo.

Posteriormente numa reunião, cada grupo apresentou suas idéias na empresa. Foram selecionadas algumas poucas para prototipagem. Versões demos foram analisadas. A idéia do grupo de @Jack se sobressaiu e subiu ao topo como uma combinação de várias idéias. @Jack, @Biz e @Florian foram incumbidos de construir a versão 0.1, que seria gerenciada pelo @Noah. O resto da empresa ficou focada na manutenção da Odeo.com, para que o grupo de @Jack pudessem se concentrar neste novo projeto sem se preocupar com o dia-a-dia da companhia.
A primeira versão da idéia de @Jack foi totalmente baseado na web. Foi criada em 21 de Março de 2006. Umas das primeiras mensagens foi:

Ah isso vai ser viciante.





Como era um projeto secreto, os usuários foram limitados exclusivamente para os funcionários da empresa e os seus familiares. Ninguém foi autorizado a contactar amigos que trabalhavam em outras empresas. Durante meses, foi o projeto Top Secret Alpha por causa de produtos concorrentes como o Dodgeball. O nome original do produto foi “twttr” inspirado pelo Flickr e pelo fato de que a SMS americanas tinham como padronização de códigos de cinco dígitos. O código do protótipo era “10958″. Mais tarde mudou para “40404″, para facilidade de uso e memorização.

@Dom monitorava todos no sistema. Inicialmente havia uma página admin de onde podia ver todos os usuários. Como Chefe de Qualidade da empresa, ele precisava verificar sugestões ou problemas dos usuários. Isso causou confusão porque, de repente, os familiares dos funcionários eram seguidos por @Dom e nem sabiam quem era ele. Com isso nasceram as contas privadas. @Jack e @Florian criaram um meio para que os usuários marcassem sua própria conta privada, e os administradores tinham a capacidade de dizer quem queriam que fossem privados e que não desejavam seguir. Na verdade, a conta privada e segura entrou um pouco mais tarde. Havia cerca de 100 usuários quando contas privadas foram inventadas.

O modelo de interação e metáfora visual para o serviço estavam em constante evolução. O significado de ter alguém “Friend” versus ter alguém “Following” mudava regularmente. Nesse ponto, você poderia obter todas as mensagens SMS ou não obter nenhuma. Não houve um Twictionary então os dados no sistema eram referenciados como “posts” e “mensagens”. A falta de uma terminologia clara levou a alguns debates que perduraram a primavera de 2006.
O Twttr Beta foi lançado no aniversário de @Ev. O círculo de pessoas que podiam usar o serviço foi ampliado, mas nada de incluir gente de outras grandes empresas (com algumas exceções confiáveis dentro de lugares como o Google). Todos eles sabiam que iam mudar o mundo com essa coisa que ninguém compreendia. Veja o vídeo da festa de aniversário naquele dia:
Entretanto, o Odeo e sua diretoria encontravam-se em uma grande tensão pois o valor da empresa caía mensalmente. Cortes drásticos foram recomendados. No início de Maio de 2006, @Ev deixa quatro da equipe irem embora: @Adam, @ TonyStubblebine, @Dom e @Rabble. Mais tarde @TimRoberts e @Noah foram convidados a sair da empresa também. Foi uma decisão difícil e de grande choque para todos. O Twitter os permitiu ficarem ligados. Afinal, o site não tinha nem sequer público ainda, mas para cada um deles tinha valor pois era usado uns com os outros.

Durante esta transição, Twttr.com foi lançado ao público. Ainda assim, muito poucas pessoas compreenderam o seu valor: para que usar SMS no Twttr? Quem iria querer saber o que você fazia? Cada programador então tornou-se uma espécie de envangelizador para conseguir usuários para o Twttr, incentivando seus colegas e amigos a usá-lo. Neste ponto, Obvios Corp nasceu como uma incubadora tendo como seu único projeto o Twttr.
@Jack ainda era apenas um engenheiro, e o serviço tinha apenas alguns meses de vida quando o domínio Twitter.com foi adquirido e o serviço relançado com o nome que conhecemos até hoje. Naquele tempo, não havia limite de caracteres no sistema. Mensagens com mais de 160 caracteres (o limite de tamanho padrão de SMS) foram divididos em vários textos e entregues sequencialmente. Houve outros bugs, na montagem da SMS. A equipe decidiu colocar um limite no número de caracteres que iria sair através de SMS para cada post. Estabeleceram em 140 caracteres, a fim de deixar espaço para o usuário e os dois pontos na frente da mensagem. Em Fevereiro de 2007 @Jack escreveu algo que inspirou @Dom a começar a escrever um livro:
“Podemos mudar o mundo com cento e quarenta caracteres.”

O tempo passa. O Twitter ia ser exibido na SxSW. @RayReadyRay mexia em um visualizador feito em Flash para exibição nas salas de conferência. @Dom achou um bug pouco antes de começar o exibição e conversou com @Jeremy e @Biz por telefone. Tudo milagrosamente funcionou a tempo das pessoas que foram selecionadas nas sessões começaram a ver os seus comentários flutuando na tela.
A partir daí foi correr pro abraço:

1: Twitter ganhou um prêmio na categoria Blog, e @Jack agradeceu a todos no 140 caracteres.Boom
3: Apple WWDC 2007, TV ,mídia impressa e notícias na Tv a Cabo.

@Jack tornou-se o CEO de recém formada Twitter, Inc..
Algumas pessoas ainda não utilizavam o Twitter, mas, pelo menos, já tinham ouvido falar sobre isso. Foram criados feeds, permalinks e integração com mensagens instantâneas. Cada nova funcionalidade significava mais usuários.
Hoje ele conta com 6 milhões de usuários e só perde para MySpace e Facebook em crescimento.

E para quem quiser aqui está meu twitter é @Adriano_no. É só me seguirem

1 Comentários:

Responder

Para registrar minha passada por aqui. Serei seguidor.

Também comecei a usar o Twitter há pouco tempo, e o entendo como uma excelente ferramenta de comunicação, divulgação e interação. Muito diferente de sites de relacionamento (que termo clichê de imprensa né?) como Orkut, que virou um álbum de fotos.

AbraçO!

http://ocoaxardosapo.blogspot.com

Postar um comentário

Um bom blog não se faz pela quantidade e sim qualidade de seus leitores, só comente quando você realmente ler a postagem.

Deixe seu link no final do comentário caso queira me mostrar o seu blog, irei visitar, comentar e se gostar seguirei também.

Siga-me no Twitter: @c_hercules

TOP 10 POSTAGENS MAIS LIDAS

Receba nossos artigos por e-mail:

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More